Para lidar com os medos infantis, é preciso oferecer segurança à criança e respeitar o temor que ela manifesta.

Algumas vezes, ao colocarmos nosso filho na cama à noite, ele diz que não pode dormir sozinho porque há um monstro no armário ou debaixo da cama ou que está vendo imagens assustadoras no teto. O que fazer?

É muito importante que os pais respeitem e busquem entender os medos que seus filhos têm.

Mostrem que não há problema em sentir medo. Tentar apenas convencê-lo de que não há motivos para tal não irá ajudá-lo. É natural e esperado que a criança sinta medo.

O papel dos pais é fundamental para minimizar momentos como esse e ajudar o filho a superar os medos. Pode ser interessante, por exemplo, usar algum objeto de que a criança gosta, como um bicho de pelúcia, para ajudá-lo a enfrentar situações que o assustam. Isso pode trazer conforto e segurança para uma criança ansiosa, especialmente quando vocês precisam colocá-la na cama à noite para dormir. Deixar o quarto com uma luminosidade adequada para que seu filho não sinta medo do escuro também pode funcionar.

Às vezes, a criança consegue superar o medo se vocês conversarem com ela sobre o que está acontecendo. Tentem demonstrar, de forma lúdica, o que a noite pode trazer de bom. Outra sugestão é passear com a criança ao anoitecer, procurando fazer com que a noite pareça mais mágica que assustadora.

Vocês também podem contar histórias em que o personagem, uma  criança, enfrenta e supera o medo. Busquem livros que abordem esse tema.

Os pais conhecem, na maioria das vezes, quais os medos de seu filho. Não há receita, mas vocês descobrirão um jeito de ajudá-lo a sentir-se mais seguro e confiante sobre coisas e situações que lhe tragam medo.

Conversem também com outros pais cujos filhos podem apresentar reações semelhantes. Se a criança frequenta escola, fale sobre os medos de seu filho com os profissionais que podem dar dicas de como lidar com isso.

Caso a criança esteja sofrendo com temores excessivos, procure ajuda de um profissional. Os medos são inevitáveis, mas controláveis se a criança conta com a confiança e a ajuda dos pais e de todos que a cercam.

 

 

Dicas de 5 livros infantis sobre medo:

A Princesinha Medrosa. Texto e ilustrações: Odilon Moraes. Editora Cosac Naify. A partir de 5 anos.

Medo do escuro, de ficar sozinha, da pobreza. A princesa desse reino tem muitos medos e acaba deixando que eles se tornem maiores que ela. Até que, durante um passeio, ela se perde de sua comitiva e conhece um menino que gosta de deitar na beira do rio e contar estrelas. E isso basta para que ela aprenda a enxergar o mundo com outros olhos. A obra foi vencedora do prêmio de Melhor Livro para Crianças da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ).

 

Alguns Medos e Seus Segredos. Texto: Ana Maria Machado. Ilustrações: Alcy Linares. Editora Global. A partir de 5 anos.

Três histórias: uma de lagartixa, uma de bicho-papão e uma de lobo mau. Assim, a escritora, que ocupa a cadeira número 1 da Academia Brasileira de Letras, mostra aos pequenos leitores que cada um tem seus medos – até mesmo nossas mães! – e que isso não é uma bobagem.

 

O Medo que Mora Embaixo da Cama. Texto: Mariza Tavares. Ilustrações: Nina Millen. Editora Globinho. A partir de 2 anos.

Basta as luzes do quarto se apagarem para que João arregale os olhos. Será que tem um monstro embaixo da cama? E dentro do armário? Aos poucos, ele percebe que as cobras e os dragões nada mais eram do que peças de roupa ou brinquedos espalhados por ali. Simples e divertida, a história traz uma boa abordagem para esse medo clássico da infância.

 

Quem Tem Medo de Quê?.Texto: Ruth Rocha. Ilustrações: Mariana Massarani Editora Salamandra. A partir de 3 anos.

Da coleção Quem Tem Medo, a obra traz uma deliciosa rima que fala de pavor de vampiro, de injeção, de cachorro, de avião e até de piolho! O texto divertido da premiada autora Ruth Rocha combina perfeitamente com as coloridas ilustrações da também consagrada Mariana Massarani, deixando o assunto bem mais leve para as crianças.

 

O Menino que Tinha Medo de Errar. Texto: Andrea Viviana Taubman. Ilustrações: Camila Carrossine. Editora Escrita Fina. A partir de 4 anos.

Não é só de bicho, monstro e escuro que criança tem medo. Pedro tem medo de errar e, por isso, perde a chance de fazer muitas coisas legais. Até que ele sonha com uma fada que o leva para conhecer o Reino da Perfeição – e então entende que ninguém acerta o tempo todo.

Escrito por Angélica Boldrini Ribeiro - diretora da unidade Morumbi